Movimento por moradia ocupa imóveis no centro de São Paulo

Publicado por iRadio em Brasil

Publicado em 13 de abril, 2015 | Nenhum Comentário

Agência Brasil

Os organizadores dizem que foram ocupados 16 imóveis, mas a Polícia Militar confirma oito ocupações

O Movimento Frente de Luta por Moradia (FLM) ocupou, na madrugada de hoje (13), diversos imóveis na região central da capita paulista. Os organizadores dizem que foram ocupados 16 imóveis, mas a Polícia Militar (PM) confirma oito ocupações.

Os imóveis estão localizados em endereços como Rua Augusta, Rua da Consolação, Rua José Bonifácio, Rua Xavier de Toledo, Rua Conselheiro Furtado e Rua XV de Novembro. De acordo com o movimento, aproximadamente 2 mil pessoas participaram das ocupações.

Segundo Heloísa Soares, membro da Coordenação Executiva do Movimento Frente de Luta por Moradia, todos esses imóveis estavam abandonados há muito tempo. “E com dívidas com o município e com o estado”, acrescentou. Heloísa contou que, no momento da entrada das famílias nos imóveis, houve confronto com a PM. “Tivemos problemas com a polícia na ocupação do Shopping Leste. Eles entraram retirando as famílias de lá com violência”.

A assessoria de imprensa da PM informou não ter registro de confrontos durante as ocupações. Segundo a polícia, as famílias que habitam imóveis já ocupados só são removidas com ordem de reintegração de posse.




* Este texto foi retirado do site Brasil: últimas notícias – Último Segundo – iG e pode ser encontrado em http://ig.ultimosegundo.feedsportal.com/c/33511/f/672027/s/4558fa57/sc/24/l/0Lultimosegundo0Big0N0Bbr0Cbrasil0Csp0C20A150E0A40E130Cmovimento0Epor0Emoradia0Eocupa0Eimoveis0Eno0Ecentro0Ede0Esao0Epaulo0Bhtml/story01.htm

Compartilhe

Sobre iRadio

O som da sua vida! Uma webrádio online 24 horas por dia, desde 2003! Programação jovem e variada, com o melhor da música dos últimos 10 anos.

Ver outros posts de iRadio

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Movimento por moradia ocupa imóveis no centro de São Paulo
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário