Em greve, professores da rede estadual de SP fazem ato na região do Morumbi

Publicado por iRadio em Mundo

Publicado em 10 de abril, 2015 | Nenhum Comentário

O texto abaixo foi retirado em sua íntegra do site Último Segundo, do portal iG.

Milena Carvalho

Categoria pede reajuste de 75% para o salário dos professores, que hoje parte de R$ 2.145 para 40 horas semanais

Em greve desde o dia 13 de março, professores da rede estadual de São Paulo fazem na tarde desta sexta-feira (10) passeata na região do Morumbi, na zona oeste de São Paulo. No começo da tarde, os professores se reúnem na praça Roberto Gomes Pedrosa, em frente ao estádio do Morumbi. A intenção dos manifestantes, liderados pela Apeoesp (sindicato da categoria) é seguir para o Palácio dos Bandeirantes. 

Leia também: Em SP, professores usam WhatsApp para convocar alunos a participarem de greve

Com professores em greve, governo de SP faz proposta para temporários

De acordo com a PM, cerca de 2 mil manifestantes estão no local e bloqueiam a avenida João Jorge Saad e a rua Corgi Abdala. 

A categoria pede reajuste de 75% para o salário dos professores, que hoje parte de R$ 2.145 para 40 horas semanais.

Com carro de som, os professores repetem a todo momento frases como “não tem arrego”, e “vem, vem pra rua vem, com os professores”. 

O professor Ademilson Teles Almeida, 53, que trabalha em Taboao da Serra diz que a manifestação é a única maneira de sensibilizar o governo. 

Ademilson Teles Almeida, 53, professor de Taboao da Serra

Ademilson Teles Almeida, 53, professor de Taboao da Serra

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Em greve, professores da rede estadual fazem ato em frente ao Palácio dos Bandeirantes

Foto: Milena Carvalho/iG São Paulo (10.04.15)

“A nossa categoria teve que chegar a esse ponto. O governo falou que nosso movimento era novela. Peço apoio para os professores que não vieram que eles deem audiência para o nosso movimento e não para a novela do governo”. 

Almeida também chama atenção para aumento no vale refeição, outra pauta defendida pela categoria. 

“Além de melhores condições de trabalho, queremos reposição salarial, que é diferente do reajuste. Estamos querendo repor as perdas salariais. Também queremos garantias e ampliação do vale-refeição, que hoje é só R$ 8″. 




Compartilhe

Sobre iRadio

O som da sua vida! Uma webrádio online 24 horas por dia, desde 2003! Programação jovem e variada, com o melhor da música dos últimos 10 anos.

Ver outros posts de iRadio

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Em greve, professores da rede estadual de SP fazem ato na região do Morumbi
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário