Capital Inicial faz boa estreia em Portugal com ajuda de fãs brasileiros

Publicado por Marcos Monges em Musica

Publicado em 01 de junho, 2014 | Nenhum Comentário

Fonte: G1

“A gente tem décadas de estrada e é a primeira vez que tocamos em Portugal. A gente vai tocar um pouco do rock n’ roll brasileiro para vocês”, adiantou Dinho Ouro Preto, logo no começo do show de estreia do Capital Inicial em Portugal. A banda tocou no Palco Mundo do evento, nesta sexta-feira (30), antes de Linkin Park e Queens of the Stone Age. Como de praxe, o Capital botou a plateia para gritar “do caralho”, no fim, quando a banda tira uma foto com fãs no fundo.

Outro discurso mais eloquente de Dinho veio também no final, antes de “Veraneio vascaína”. “É uma honra o Brasil estar tendo manifestações quase diárias. Eu não sei o que vocês estão sentindo com os políticos de vocês”, disse Dinho, dando uma pausa por conta das vaias (para políticos portugueses, em geral). “Eu tenho votado nulo. A política é tóxica, sentou naquela cadeira, f…”, sentenciou.

A maioria do público, que já começava a encher a Cidade do Rock, aplaudiu com educação e até que respondeu bem aos pedidos de Dinho. Portugueses levantaram as mãos para o alto durante “Primeiros erros”. Enfrentaram também poeira e sol forte para ver a banda.


“Do c…, Lisboa! Como é nossa primeira vez a gente estava nervoso pra c…. Vocês são muito generosos. Nos sentimos um pouco nas nossas raízes. Deveria haver um intercâmbio maior entre bandas brasileiras e portuguesas”, disse Dinho, já no meio do show.

Na plateia, bandeiras brasileiras (eram quatro, sendo uma delas com o símbolo do grupo Aborto Elétrico) foram notadas e incensadas por Dinho. O G1 perguntou a nacionalidade de dez das pessoas que estavam cantando as músicas, espalhadas em vários lugares mais próximos ao palco. Todas eram brasileiras.

A ajuda dos brasileiros possivelmente fez o Capital se soltar. Dinho contou a história da “seminal banda brasileira” Aborto Elétrico e se empolgou com a reação mais exaltada do público durante “Should I stay or should I go”, do Clash. Fãs de Linkin Park curtiram a homenagem punk. A cover de “Mulher de fases”, do Raimundos, foi recebida com apatia.

Agradecimentos (foto): quinto-canal.com

A estreia portuguesa do Capital Inicial não trouxe novidades para os brasileiros: rolou até um tímido grito de “é a p… do Brasil” em “Que país é este”. Cumpriu, no entanto, a missão de mostrar que país é o Brasil em termos de rock.

Agradecimentos (foto): MRossi

Compartilhe

Sobre Marcos Monges

Fanático por comunicação, começou na área em sua primeira passagem pela iRadio em 2004, apresentando o programa "Mundo Estranho". Trabalhou também com jornalismo esportivo, e atualmente é narrador em eventos de telecatch (luta-livre). É atualmente membro da mesa diretora da iRadio.

FacebookVer outros posts de Marcos Monges

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Capital Inicial faz boa estreia em Portugal com ajuda de fãs brasileiros
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário