Operadora quer acelerar torrents ao monitorar seus usuários

Publicado por iRadio em Web e tecnologia

Publicado em 22 de fevereiro, 2015 | Nenhum Comentário

O texto abaixo foi retirado em sua íntegra do site INFO

A operadora de telefonia americana AT&T registrou na última terça (17) a patente de uma “via expressa” para a internet, que a empresa afirma que reduziria o congestionamento de rede gerado pelo compartilhamento de arquivos.

A patente envolveria o monitoramento de softwares peer-to-peer, como o BitTorrent, por exemplo. Segundo a AT&T, a ideia não é vigiar, mas identificar quais arquivos que os usuários mais compartilham na internet. 

Dessa forma, a empresa pode armazenar os arquivos mais demandados em seus servidores e redirecionar os usuários para eles, liberando a rede convencional.

“Estima-se que o compartilhamento de arquivos P2P, como o BitTorrent, represente mais de 20% de todo o tráfego de banda larga na internet”, afirma a patente. “Ao fornecer o conteúdo de um servidor próximo do usuário, poderíamos reduzir os custos de rede”.

Além de armazenamento de arquivos, a patente também descreve um sistema no qual o tráfego do BitTorrent é analisado de forma que conecte assinantes da operadora para “seeders” que estejam menos congestionados.

Não é certo que a AT&T irá implantar o método patenteado para reduzir a lentidão na rede, já que nem todas as patentes registradas são efetivamente usadas.

Compartilhe

Sobre iRadio

O som da sua vida! Uma webrádio online 24 horas por dia, desde 2003! Programação jovem e variada, com o melhor da música dos últimos 10 anos.

Ver outros posts de iRadio

Nenhum Comentário

No momento não há comentários para: Operadora quer acelerar torrents ao monitorar seus usuários
Que tal ser o primeiro? Comente!

Deixe um comentário